A importância do aprendizado nas diversas áreas e idades

A importância do aprendizado nas diversas áreas e idades

A atividade cerebral vive de estímulos. Cada pessoa tem uma configuração para viver as emoções, as percepções e formas de aprendizado. Mas, de forma geral, independente do estilo e do formato, aprender e vivenciar algo é importante para o desenvolvimento.

Enquanto algumas crianças começam a fazer Aula de bateria desde a primeira infância e isso ajuda elas a desenvolverem habilidades cognitivas, outras podem gostar mais de interação social.

Nem os estudos da psicologia são tão exatos quanto às formas de aprendizado e o desenvolvimento de acordo com idades diversas e áreas distintas. Mas, pesquisas universais sugerem que quanto mais o cérebro exercita suas funções, melhor será a saúde mental e o reflexo se dá na rotina diária.

Com uma agenda cada vez mais diversa nas discussões relacionadas à educação, há pessoas que acreditam que projetos multidisciplinares precisam ser desenvolvidos desde a creche municipal.

Neste sentido, ideias de hortas comunitárias, espaços de convivência e até yôga para crianças já tomaram espaços na mídia. Querendo ou não, são também nichos de mercado e oportunidades para quem quer empreender com um foco social.

Saindo da infância, há outras diversas formas de se desenvolver e agregar conhecimento. Gostou do assunto? Então confira a importância do aprendizado em diversas áreas e idades no artigo abaixo.

Aulas de música: da creche ao ensino médio

Entre os mais diversos estudos, há pesquisadores que associam a música ao desenvolvimento humano. Não é à toa que muitas pessoas ficam mais disciplinadas em contato com o um instrumento musical ou uma Aula de bateria, por exemplo.

Há quem diga, inclusive que o efeito da música no cérebro transforma as ondas, libera substâncias como dopamina,que causa bem-estar, e torna as pessoas mais sensíveis ao mundo.

A máxima de que a música é considerada uma linguagem universal, neste sentido, é levada a sério em escolas específicas da área ou projetos multidisciplinares.

É muito comum que esse tipo de estratégia seja reproduzida em ambientes como um Colégio meio período particular.

Com as tendências cada vez mais inovadoras na educação, muitas escolas se adaptam a educação em nichos. Ou seja, a aprendizagem e as disciplinas e cursos extras são formas de conhecimento ofertadas com base em novas estratégias educacionais do mundo em movimento.

Essas inovações nem sempre chegam até uma escola pública. Contudo, há exceções de escola integral que também valorizam as atividades no contra turno. Do maternal ao ensino médio, ter acesso à essas vivências é muito positivo para a aprendizagem das pessoas, pois:

  • Psicólogos acreditam que crianças mais abertas às experiências, se desenvolvem melhor;

  • O contato com a diversidade torna a criança um adulto mais tolerante;

  • A interação social e a possibilidade de novos desafios é estimulada;

  • A criança aprende a lidar com desafios, com seu emocional e possíveis frustrações futuras.

Cursos profissionalizantes

Quando a criança não tem a oportunidade de estudar em um ambiente diverso ou não possui acesso aos cursos profissionalizantes, algumas características podem mudar. Mas, como nem todo comportamento humano é uma referência exata, as formas de desenvolvimento, maturidade e inteligência emocional são distintas.

Há adolescentes e adultos, por exemplo, que descobriram estímulos depois da infância e na adolescência ou fase adulta conseguem concretizar alguns desejos.

O sonho de infância ou de adolescência em operações logísticas de vôos, por exemplo, podem surgir em outra fase com um Curso de dov.

Na prática, a sigla DOV faz referência ao profissional que se chama Despachante Operacional de Voo. Ou seja, é a pessoa que planeja a carga, o caminho de navegação das aeronaves e as melhores estratégias de transporte aéreo, prezando pela segurança.

Nesta mesma linha, há adultos que podem transformar a carreira e de repente desenvolver um desejo de se transformar em um piloto de avião ou uma aeromoça.

Respeitar, entender e compreender todas essas fases é o que direciona as novas possibilidades de cursos, qualificações e torna o aprendizado o grande motor da vida, do empreendedorismo e dos negócios.

Seja na infância ou na terceira idade, o estímulo ao conhecimento é fundamental para a saúde do cérebro, a criação de ideias e o estímulo para mentes criativas.

Por isso, inclusive, que profissionais especializados em coaching, inteligência emocional, psiquiatria, análise comportamental e outras áreas estudam tanto os processos de aprendizagem. Em cada fase da vida, as pessoas desenvolvem percepções diferentes, mas o aprendizado mantém a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *