Detalhes importantes de açougues em geral

Detalhes importantes de açougues em geral

No Brasil, é difícil abrir um negócio tão rentável quanto um açougue. O motivo por trás disso é o hábito que o brasileiro tem de consumir carne diariamente, algo que não se aplica a todos os países. Consequentemente, tais estabelecimentos também acumulam vendas diariamente, e não apenas em finais de semana ou datas especiais.

Isso, contudo, não significa que todo e qualquer estabelecimento aberto no segmento será bem sucedido. Assim como qualquer outro negócio, é fundamental que a sua abertura seja devidamente planejada, e que o proprietário tome medidas no sentido de proporcionar uma boa experiência aos clientes – e, consequentemente, fidelizá-los.

Quer empreender e abrir uma loja do tipo, mas não sabe por onde começar? Então continue lendo e confira alguns detalhes importantes para o sucesso do estabelecimento:

  1. O uso de EPIs é fundamental

Quando se trata de atividades de risco, boa parte das pessoas costuma associá-las ao setor industrial, bem como à construção civil. Entretanto, elas estão presentes em muitos outros segmentos, inclusive no ramo de alimentação.

No caso dos açougues, há uma série de fatores que podem ser considerados como de risco. A umidade no chão, por exemplo, pode causar quedas, enquanto que as facas podem causar cortes e o frio do balcão expositor refrigerado para açougue gera desconforto e, em alguns casos, ferimentos.

Por conta disso, é essencial que os profissionais que atuam nesses estabelecimentos estejam munidos de itens como:

  • Luvas de proteção;

  • Botas de borracha;

  • Aventais;

  • Roupas frigoríficas.

Deste modo, os funcionários exercerão suas atividades de forma mais segura, produzindo mais e melhor.

  1. As carnes devem estar sempre bem refrigeradas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) costuma monitorar de perto estabelecimentos de alimentação. O motivo por trás disso é o fato de que qualquer erro na manipulação dos produtos pode causar sua contaminação, o que, por sua vez, pode acarretar em uma crise de saúde pública. Assim, para evitar problemas, é essencial garantir que todos os produtos estejam sempre bem armazenados.

A boa notícia é que isso não significa que o estabelecimento tem que abrir mão de expor suas mercadorias a seus clientes: basta investir em um balcão refrigerado.

Trata-se de um aparato que é feito de vidro, permitindo que o público visualize as peças de carne em seu interior, e, ao mesmo tempo, mantém uma temperatura razoável, fazendo com que elas fiquem bem conservadas.

Contudo, vale ressaltar que comprar um equipamento de qualidade não é o suficiente: também é preciso que ele seja higienizado periodicamente, conforme as normas da Anvisa. Do contrário, o balcão para açougue acumulará impurezas, que, por sua vez, podem contaminar os produtos nele expostos.

 

  1. A higiene é essencial

Por mais que manter o balcão expositor limpo seja algo fundamental para que o local siga um padrão de higiene elevado, essa não é a única medida que deve ser tomada pelos proprietários. Conforme as normas da Vigilância Sanitária, também é preciso contar com ao menos duas saídas de água: uma quente e uma fria.

Da mesma forma, é interessante que todo o uniforme da equipe, desde a bota epi até as luvas, sejam da cor branca. O motivo é o fato de que essa cor proporciona uma sensação de limpeza a quem a vê, além de permitir a identificação de qualquer tipo de sujeira que haja sobre ela mais rapidamente. Assim, os funcionários tendem a notar que uma limpeza é necessária mais rapidamente.

Por fim, também vale a pena ressaltar que a tarefa da higiene não cabe apenas ao revendedor dos produtos: ele também é de responsabilidade dos fornecedores, que devem seguir as orientações da Anvisa desde o momento de nascimento dos animais até o abate. Por conta disso, é fundamental que o negócio conte com fornecedores de confiança.

  1. Cliente bem atendido é cliente fiel

Por último, mas não menos importante, vale ressaltar que o bom atendimento deve ser algo de praxe em todos os estabelecimentos – inclusive em açougues.

Deste modo, os funcionários devem estar com o uniforme sempre em ordem (sua bota branca deve ser mantida a mais limpa possível, por exemplo) e receber o público sempre com um sorriso no rosto.

Além disso, é fundamental que eles tenham algum treinamento na área, de modo que entendam sobre carnes e a respeito da sua manipulação, garantindo um produto de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *